Product Vision Board… Um canvas que vai ajudar a desenhar seu produto!

produtoUltimamente, nosso país tem passado por um momento de mudanças intensas e é normal que alguns negócios e produtos terminem seu ciclo para dar espaço a novos, visando melhoria, praticidade e inovação. Mas como conseguimos tirar essas idéias da mente e colocá-las no papel? Como conseguimos envolver as outras pessoas em nossos projetos? Como tangibilizar o novo produto ou serviço? Existem várias formas para realizarmos esse trabalho. Podemos utilizar ferramentas simples, que geram bons resultados. O Product Vision Board é uma delas! Um canvas que vai te ajudar a desenhar seu produto.

O Product Vision Board (ou Painel de Visão de Produto) desempenha função de dar forma ao seu produto (possíveis clientes do produto e usuários), levanta as necessidades e o valor de negócio, pois tem como objetivo orientar e envolver todos os participantes desse projeto, na concepção e no desenvolvimento, demonstrando a estratégia para atingir a visão desejada. É extremamente importante que todos os participantes tenham acesso a essas informações. Caso isso não aconteça, corremos o risco de alguns levarem o trabalho para direção contrária, por desconhecimento do objetivo do produto.

TheProductVisionBoard

Clique sobre a imagem para ampliar!

Para iniciarmos, precisamos indentificar a visão do produto, qual a intenção e o propósito dele existir e preencher o campo “Vision”.

“Target Group” você vai colocar qual o mercado que você quer abordar, qual segmento de mercado, quem serão seus usuários e clientes do produto.

“Needs” descreva a necessidade que o produto atenderá, porque as pessoas querem comprar e utilizar o produto, quais benefícios ele trará.

“Product” escreva de 3 a 5 características destacam seu produto no mercado, o que o seu produto tem de diferencial, o que torna seu produto desejável e vantajoso.

“Business Goal” descreva quais são as suas metas de negócio, qual meta de negócio é a mais importante atingir, qual estratégia esse produto atenderá na empresa.

“Competitors” descreva quais são seus concorrentes, quais suas oportunidades (internas) e ameaças (externas), quais são suas forças(internas) e fraquezas (externas).

“Revenue Sources” escreva como podemos gerar receita, como podemos monetizar o produto, quais fontes de renda.

“Cost Factors” descreva quais os gastos que terá para desenvolver o produto contabilizando todas as etapas ( recursos, concepção, desenvolvimento, teste, venda, promoção e distribuição), mapeie quais dessas fases tem o custo maior e quais gastam mais tempo para serem realizadas.

“Channels” escreva como os produtos serão comercializados, quais canais serão utilizados, como serão promovidos, comercializados e distribuídos.

Após ter preenchido todas essas informações, você e sua equipe já terão uma visão mais refinada sobre o seu produto e poderão melhorar os pontos que tiveram dúvidas ou novas soluções, antes de colocar o produto no mercado.

build_mesure_learnCom a visão do produto bem definida e o objetivo estar bem alinhado com todos os participantes e envolvidos, você poderá aplicar o Mapa de Empatia (clique aqui!) para identificar, com mais clareza, as pessoas que irão usar o seu produto (personas). E se ainda assim, você quiser priorizar o que será desenvolvido e entregue, faça uma sessão de Brainstorming (clique aqui!) e pontue o que é mais importante e viável desenvolver.

Acima, descrevi praticamente todo um processo de Visão de Produto, ou Inception como chamamos. Depois de realizar todas essas dinâmicas, com certeza, você já terá bastante insumo para começar a desenvolver o seu produto com a sua equipe.

Esse foi meu artigo de hoje! Espero que tenha ajudado a definir melhor seu produto!

Até breve pessoal 🙂

Leave a Reply

%d bloggers like this: