Rapport – A base da confiança

GS147047

Rapport é uma técnica usada para criar uma ligação com outra pessoa.

Nesse post vou  falar um pouco sobre esse assunto e você verá que já vivenciou muito dessas situações na sua vida.

Sabe aquelas pessoas que você nunca viu, mas quando começa a conversar em poucos minutos parece  que já conhece ha muitos anos?

Ou quando você entra numa loja para comprar algo e o vendedor já te oferece o que tem tudo a ver com você?

Ou ainda, quando você acabou de conhecer uma pessoa e de cara você pensa: “Meu santo não bateu como essa pessoa! Não fui com a cara dele!”

Então, nos primeiros dois exemplos que dei, o Rapport esta presente. E no último exemplo, vemos a inexistência dele.

Na verdade, cada um de nós tem uma visão de mundo diferente, de acordo com o que vivenciamos ao longo de nossas vidas. Temos diferentes aprendizados, valores e cultura que formam o nosso Mapa Mental.

 

Mas o que é um  Mapa Mental?

É uma representação da realidade. Ou seja, como cada inidividuo vê um cenário a partir de sua opinião. Um exemplo: pedir um biologo e um marinheiro para descrever o mar. Ambos conhece o mar, mas terão visões diferentes sobre ele.

Logo, para se conectar ha um individuo e estabelecer o Rapport é preciso aceitar e respeitar o mapa mental da outra pessoa.

De fato, sabemos que uma boa comunicação depende de 7% das palavras ditas, 38% do jeito que elas são ditas, e 55%, acreditem vocês, da comunicação não verbal, ou seja, expressão corporal (movimentos com os braços, as pernas, expressões faciais).

A apresentação da sua opinião ou visão sobre determinado assunto, se faz através da comunicação com uma pessoa. É possível interagir e acompanhar a comunicação corporal e verbal de qualquer pessoa, criando o Rapport.

 

Mas para que serve o Rapport?

O Rapport serve para você criar empatia, ser aceito inconscientemente por outra pessoa.

 

O que eu “ganho” aplicando o Rapport?

Com o Rapport você conseguirá entender a pessoa e poderá conduzí-la de uma forma mais segura, tranquila e eficaz. Você pode espelhar o comportamento dela quanto o olhar, a feição, a voz, postura e tudo mais que puder identificar, sem parecer uma “sombra” da pessoa.

Abaixo vou dar uns exemplos de como utilizar comunicação verbal e não verbal.

 

Comunicação Verbal

– Quanto a voz: tom, volume, velocidade, gíria ou formalidade

– Quanto a fala: frases repetidas (maneiro, irado, caraca, show, assim mesmo, demais)

 

Comunicação Não-Verbal

– Quanto as expressoês faciais: enrugar a testa, levantar as sombrancelhas, direcionamento do olhar ( visual para cima, auditivo no centro, cinestèsico para baixo)

– Quanto ao corpo: postura, gestos calmos ou rápidos, cruzar as pernas ou os braços.

 

Após você ter lido todas essas informações, tenho certeza que a partir de hoje, ficará mais atento as pessoas quando estiver conversando.

É importante lembrar que o Rapport é usado para se aproximar das pessoas, criar laços de confiança e empatia.

Se você não gosta ou o “seu santo” não bateu com o outra pessoa, não insista com o Rapport. Apenas mantenha a discrição, a educação e a sutileza perante a pessoa.

O mais importante é você saber conviver com as diferenças!

Até mais pessoal!

4 comments on “Rapport – A base da confiança
  1. O mais interessante do Rapport é o que vem depois, não é? Se a pessoa está nervosa, podemos acalmá-la. Se está chateada, podemos trazer ela para um estado mais alegre.

    Uma vez me perguntaram se Rapport era somente presencial.

    Na verdade podemos aplicar Rapport por telefone: modulando a voz e o timbre vocal, usando mesma linguagem – expressões

    Por email: sim! hehe Veja qual o padrão de escrita da pessoa e use-o. Por exemplo, se fosse te enviar um email, Anne, usaria “pessoal” / “Até mais” / me expressar mais através do visual -> pois tu usa comumente “você verá”. enfim…!

    É tudo uma questão de treino, treino, treino….

    Coach sem Rapport é tipo um pescador sem barco. É uma ferramenta essencial que torna a vida muito mais fácil. Concorda?

    • Ótima analogia meu amigo! Isso ai! Temos que ser empáticos para estabelecer relacionamento, seja falando, escrevendo, gesticulando. Concordo que todo Coach tem que ter e usar muito Rapport. Do contrário, não será tão eficaz. Muito bom ter seus comentários aqui! Uma honra pra mim! Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: