Mapa de Competências… o método que ajuda a reter talentos!

map_comp_relatNos últimos anos temos ouvido e visto muitas empresas mudarem o seu foco para pessoas, com intuito de trazerem satisfação, inovação e melhoria para seus produtos e serviços. Essa cadeia de investimento no desenvolvimento pessoal e profissional de seus colaboradores, traz bons resultados, o que acaba se refletindo na imagem da empresa no mercado de trabalho. Logo, quem realmente aplica métodos e técnicas para mapear e acompanhar o desenvolvimento de competências de seus profissionais, só tem boas experiências para compartilhar. Eu como tenho experiência nisso, resolvi compartilhar o assunto com vocês 🙂

Todo mapa é a soma de um conjunto de itens, que quando reunidos, nos dá uma visão mais clara e objetiva do que realmente desejamos. No caso do Mapa de Competências, mapeamos onde cada indivíduo está (origem) e para onde desejamos que essa pessoa vá (destino). Ou seja, é preciso saber qual o cargo e funções essa pessoa desempenha hoje na empresa, levantar pontos positivos, qualidades, virtudes e pontos que precisam melhorar, para sabermos como e onde podemos levá-la no futuro. Esse trabalho de idenficação e acompanhamento é SUPER IMPORTANTE para a carreira profissional de um colaborador… Eh é mais importante ainda para a empresa que emprega, pois terá mais transparência sobre a satisfação dos seus colaboradores.

Empresa que não ouve e não valoriza seus funcionários, não evolui, pois não cria laços de valor e de confiança.

O primeiro passo é ter uma boa descrição de cargo, função ou papel, que descreva conhecimentos e experiências técnicas, além das habilidades e atitudes que o candidato precisa ter, para poder realizar uma boa contratação. Se você não sabe que tipo de conhecimento e comportamento um profissional precisa ter para compor a sua empresa, imagine o candidato que está lendo a vaga? Pense nisso! É muito importante ter esse material. A contratação é uma das partes mais importantes no processo administrativo, porque inicia todo o trabalho do profissional na empresa e por isso precisa estar bem definida e deve ser acompanhada de perto, para não ter problemas mais a frente.

O segundo passo é criar Plano de Carreira dentro de sua empresa. Ou seja, você precisa criar níveis onde seus profissionais se sintam desafiados a melhorar, produzir, colaborar, compartilhar e evoluir. Pessoas precisam ter visão do que elas ganham e perdem desenvolvendo seu trabalho dentro de uma empresa…. O Plano de Carreira tem esse objetivo, oferecer condições melhores para quem produz mais e melhor… eh é claro que para evoluir o nível, o profissional precisará de uma pessoa neutra, que pode ser um Agile Coach, um Líder Coach, ou um profissional de RH, para acompanhar os seus passos, dar feedbacks construtivos e auxiliar no que for possível. Esse acompanhamento deve ser feito no mínimo 1 vez por mês.

…Para nos ajudar a evoluir as competências necessárias, você pode usar o próprio Excel ( figura em anexo ), colocando os nomes dos profissionais, as competências ténicas e comportamentais que desejam evoluir, e a pontuação por nível de aprendizado como sugerida: 1 a 10, do conhecimento básico ao experiente. Os 5 níveis de aprendizado utilizados na planilha, baseiam-se no Modelo de Aprendizado de Dreyfus, como demonstrado na figura. Com esse exemplo, você já pode montar o seu próprio mapa, gerar gráficos por pessoas ou por times e propor melhorias de acordo com a necessidade. Ainda pode criar o PDI, mas conhecido como Processo de Desenvolvimento Individual, onde os profissionais anotam suas ações para serem realizadas dentro do trimestre, podendo fazer interseção com Metas Organizacionais ( OKR´s – Objectives and Key Results ) ou não. Vai depender de como a empresa vincula a evolução dos seus profissionais com o objetivos a serem atingidos numa linha do tempo.

O segredo do sucesso para a descrição da vaga, o Mapa de Competências e o PDI darem certos é ACOMPANHAMENTO!!!! Se não acompanhar, não evolui!

chacompetenciaBem, agora que já falamos de como pensar e fazer o mapa, vamos focar nas competências. Você sabe o que é Competência? A competência é um conjunto de conhecimento, habilidade e atitude, o famoso CHA. Para um indivíduo ser competente, ele precisa ter o saber (dominar algum tipo de conhecimento), saber fazer (ter habilidade para expor esse conhecimento) e querer fazer (ter proatividade de aplicar o conhecimento). Se faltar um ou dois elementos, o indivíduo ainda não estará seguro e confiante o bastante para assumir um novo cargo e demonstrar o quanto é competente. Logo, para competência que você deseja adquirir é necessário descrever conhecimento, habilidade e atitude. Caso queira saber mais, clique aqui e leia o artigo sobre competências.

img-mapadecareiras-01Para resumir, o que eu gostaria de deixar como lição para vocês é que carreira anda de braço dado com competência. Uma faz parte da outra! Juntas e constantes fazem com que o ínidivíduo alcance seus objetivos com segurança, confiança e realização pessoal. Portanto, monte o seu plano de carreira e trabalhe suas competências a curto, medio e longo prazo. Se a sua empresa não faz esse tipo de trabalho, faça você mesmo pensando no seu futuro! Você é o dono do seu destino e só você saberá o que te satisfaz, onde ganha e desperdiça tempo e dinheiro. A vida profissional pode ser acompanhada pela empresa, mas a sua Carreira só pertence a você.

Vá em frente e escreva a sua própria trajetória 🙂

Até breve amigos!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: